(eter)

19 setembro 2006

on repeat


Os Tindersticks foram das únicas bandas que tiveram direito a repetição, no que a concertos diz respeito.
Raras foram as bandas a que assisti a concertos mais que uma vez, ou porque entretanto demoraram a voltar e a frescura e/ou a chama já não justificava nova ida, ou por motivos de ordem vária.
Estes dois foram bons, embora os preferisse ver em ambientes mais intimistas e não no local das duas actuações (ambas no coliseu de Lisboa).

tindersticks - snowy in F# minor

tindersticks - milky teeth

tindersticks - jism

tindersticks - her

12 comentários:

LF disse...

Não me digas que estiveste no coliseu em 1998 (Novembro salvo erro), e não nos encontrámos.

Foi um concerto fantástico, ao nível dos melhores que vi, quando os Tindersticks estavam no seu apogeu.

A sua sonoridade criava um ambiente fabuloso, recheado de referências cinematográficas.
Muito, muito bom.

Ultimamente não tenho ouvido, mas depois desta conversa, o mais certo é voltar hoje mesmo a pô-los no prato.

cj disse...

estive nesse, esse foi muito melhor que o outro que vi uns anos mais tarde, se bem que o meu estado de espírito fosse outro.
de quando em vez volto a ouvir os violinos...

maria disse...

O teu blog tá muito musical, sim senhor. Pena que metade nem conheco. Em comum só devemos ter os Pixies e mesmo assim só me deram a conhecer essa banda há muito pouco tempo ainda estou a aprender a gostar.

cj disse...

maria...pena?

o que eu sempre procuro é o que não conheço, tanto na música como noutros aspectos da vida.
o enriquecimento só pode vir de novas descobertas.
lembro-me perfeitamente, aqui há uns anos, de frequentar um bar (mítico) em Setúbal, precisamente por não conhecer a maior parte da música que lá passava e assim ir abrindo o meu conhecimento musical.
além do ambiente, que era constituído por uma fauna de gente das artes, em particular do teatro, entre gays e outras espécies de fermentação tardia que fazem parte do underground nocturno.
aliás, nada do que tenho aqui passado se pode considerar desconhecido. não será mainstream, mas também não é nada de muito encoberto.
esses menos conhecidos aparecerão de vez em quando, lá mais para a frente.
quem quiser encontrar mesmo coisas menos comuns poderá ir ao petsongs, esse sim, mais virado para os menos conhecidos:
http://petsongs.blogspot.com/

cj disse...

mais uma coisa:
esse bar já fechou há muitos anos e chamava-se "ribeirinha do sado", que decerto alguns recordarão com uma certa nostalgia...

FILIPE BOAVIDA disse...

Concordo que o Coliseu (pela acústica, mas também pela envolvente) não é muito talhado para intimismos. Por isso o melhor concerto dos Tindersticks em Lisboa continua a ser o primeiro que deram na Aula Magna.
Da próxima (?) vez bem que podiam experimentar o S. Luiz...

LF disse...

Ribeirinha do Sado em Setúbal ?
Esse nome não me é estranho.

Suponho ter estado lá uma vez contigo cj.

cj disse...

é possível.
as recordações dessa altura são um pouco enevoadas...

maumau disse...

eu estive no tal concerto da aula magna (de onde não guardo boas recordações, quer pelos espectaculos que assisti, quer pela acústica da sala). se esse foi o melhor concerto, ainda bem q não fui aos do coliseu... e mais não digo, para não "ofender" ninguém...

ah! a "ribeirinha"...
curiosamente não me lembro da música q lá passava, recordo sim o "belo" ambiente da casa...

cj disse...

não foste ao 1º do coliseu comigo, mau?
de certeza?

xana disse...

Eu é k fui contigo a esse concerto Cj!
Gostei muito1!!!

eter disse...

é verdade!
e o pedro...