(eter)

07 dezembro 2006

criatividade


Em tempos tão escassos de criatividade musical, onde a reciclagem é palavra de ordem, raros são aqueles que ainda conseguem inovar, surpreender e, simultâneamente, manter a qualidade bem alta.
Temo bem que actualmente não se vislumbre muito mais além dos excelentes Fiery Furnaces.
.
Disco do ano?
Não.
O som para a próxima década.
.
.
.

.

2 comentários:

hmbf disse...

São bons, são. Ainda não escutei o álbum mais recente, mas tenho o primeiro. Acho que já deve ter uns dois ou três anos. Já na altura dizia que eles eram muito bons, melhores que White Stripes e quejandos...

cj disse...

esses e outros não são maus, mas não trazem nada de novo...
estes, pelo contrário, têm mostrado grande criatividade e fórmulas diferentes, mais frescas e que resultam bem.
as duas últimas músicas são bons exemplos disso mesmo.